Google

JNode  tem o prazer de anunciar o lançamento do JNode 0.2.8.
JNode é livre, de código aberto da tecnologia Java sistema operacional baseado implementado na linguagem Java com uma montadora kernel nano muito pequena.
O foco principal desta versão é a melhoria geral da estabilidade e correções de bugs e também reflete o estado atual de várias características importantes em desenvolvimento ativo, tais como: isolados, shell Bjorne e suporte completo para HFS +. Um progresso significativo foi feito com a integração das restantes partes do OpenJDK ea biblioteca de classes JNode foi atualizado para OpenJDK6 b13. JNode agora constrói com ambas JDK 1,6 e + OpenJDK6 IceadTea e por meio de e Linux KVM, é possível criar uma fonte de desenvolvimento com bom desempenho e totalmente livre de código aberto e ambiente de teste. Mauve testes de regressão baseada está sendo introduzido e vários test-suites consolidadas em uma infra-estrutura distribuída de teste automático de regressão. Como resultado destas actividades aplicações do mundo real e frameworks como Jetty, Quercus, Groovy, JEdit e muitos outros estão a ficar utilizáveis em JNode.
JNode 0.2.8 é uma versão de desenvolvimento visando desenvolvedores Java e especialistas em software de computador que gosta da idéia de um sistema operacional baseado em Java. Pretende-se incentivar as pessoas a participar na criação desta verdadeiramente único e inovador sistema operacional livre.
Os membros da equipe JNode estão indo para a conferência FOSDEM em breve para dar uma palestra sobre JNode, para fazer demonstrações e reuniões outros desenvolvedores ansiosos para aprender sobre ou contribuir para este projeto emocionante.
Gostaríamos de agradecer a todos os colaboradores para os seus esforços no sentido de tornar possível esta liberação.
Screenshots : http://www.jnode.org/node/132
JNode : http://www.jnode.org/node/2878
Changelog: http://www.jnode.org/node/2880
Informação: http://www.jnode.org and http://sourceforge.net/projects/jnode

FONTE:  jnode.org
Tradução: Google

0 Response to " "